10/05/2009

Desenhos animados brasileiros ganham espaço

Meu Amigãozão, uma produção nacional com estréia prevista para fevereiro de 2010 é o novo desenho animado produzido pela produtora carioca 2DLab. A série já foi negociada com o Discovery Kids América Latina e com a TV Brasil. O desenho foi financiado pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), que também deverá dar aporte a mais duas produções do gênero, para serem exibidos em canais pagos e na TV aberta. Uma das exigências do banco estatal brasileiro, é que as produções brasileiras sejam aliadas a produtoras internacionais para garantir que as séries sejam exibidas também no exterior.

O caminho de desenhos animados brasileiros até a programação infantil no Brasil nunca foi simples, já que as televisões nacionais preferem comprar os direitos de exibição de animações que já foram veiculadas em outros países. Isso as torna mais baratas e com a vantagem de já terem sido testadas em algum lugar.

A dificuldade de encontrar um mercado, no entanto, tem deixado os produtores brasileiros de fora de um setor que tem crescido bastante. Uma estimativa citada pelo BNDES feita pela revista KidScreen, focada no mercado de entretenimento infantil, indica que o mercado de desenhos animados no mundo cresceu de US$ 8 bilhões em 1995 para US$ 80 bilhões atuais.

Um exemplo de sucesso, foi a estréia da série Peixonautas, produzida pela TV Pinguim, com sede em São Paulo. O desenho brasileiro estreou no canal Discovery Kids e repercutiu bem. Foi a primeira produção animada brasileira a ocupar um espaço no canal, que inclusive foi um dos co-produtores da série.

2 comentários:

Edu Pondé disse...

É isso aí, vamos produzir conteúdo nacional.Este é o caminho para, aos poucos nos livrarmos do lixo vindo de fora.O brasileiro não desiste nunca!

André Pádua disse...

O BNDS dá o dinheiro para produzir ou empresta?