11/19/2013

Revistinha em quadrinhos na China detona os imigrantes

 
 
 
 
 
Atualmente a China é um dos países que mais cresce no mundo, no contexto econômico, industrial e financeiro. O ensino atual na China é obrigatório e gratuito, onde o governo introduziu a educação para todos os cidadãos. Interessante é que onde mais existe educação de nível e qualidade, parece que a população é insensível a determinadas situações. Uma ‘grafic novel’ chamada ‘Maus’ conquistou o importante prêmio Pulitzer. A explicação para tanto sucesso foi dada pelo editor Luiz Schwarcz, é que a revista foi feita para um público jovem, mas, nela toca, entre outros assuntos, a questão da exclusão do imigrante, que acabou tendo um apelo maior para leitores adultos. E os imigrantes são tratados de maneira bem convincentes. Confiram as imagens das capas acima:
 
 
 
 
 

3 comentários:

Laerçon Blues Man disse...

Que coisa mais esquisita...a China tem uma maneira diferente de pensar o mundo mesmo.

mario disse...

Coisa de país subdesenvolvido

Rogeblow disse...

Parece os fatalitys do mortal kombat kkkk!