6/02/2012

DC Comics tira Lanterna Verde do armário


Demorou mais de 70 anos para o Lanterna Verde sair do armário. Lançado na década de 40, o personagem das histórias em quadrinho é o mais novo herói gay, segundo revelou nesta sexta-feira a DC Comics.

Lanterna Verde será reapresentado desde o início das tramas, como parte do relançamento das novas histórias. Recentemente, o roteirista de HQ Grant Morrison declarou à Plabyoy americana que Batman é gay. "Não estou usando o termo gay de modo pejorativo, mas a verdade é que Batman é muito, muito gay", disse.
A iniciativa é semelhante à tomada pela rival Marvel, que decidiu casar Northstr, um personagem gay. Na revista, o mutante Northstar, nome que oculta a personalidade de Jean-Paul Beauvier, um dos integrantes dos X-Men, aparece de joelhos pedindo  a mão de seu antigo namorado, Kyle Jinadu. O tema ganhou evidência durante a campanha eleitoral para a presidência dos EUA, já que Barack Obama declarou publicamente seu apoio à união entre homossexuais.

5 comentários:

Marcão disse...

Dequi a pouco o Mauricio de Souza anuncia que o Cebolinha e o Cascão tambem são gay, depois vem o Pato Donald, Mickey, Papa-legua, Pica-pau...tudo viado.

Rogeblow disse...

Do jeito que as noticias sobre quadrinhos estão indo logo veremos na internet: "Pesquisa revela que leitores de quadrinhos são homossexuais inrustidos", aí os que não são começarão a queimar suas coleções.

LAMBAGE disse...

Os quadrinhos estão seguindo um caminho que eu não gosto.

Laerçon Blues Man disse...

Eu vi uma matéria na TV falando desse mesmo post do made in quadrinho, até com as mesmas fotos. Eu só acho uma lástima, só isso!

Anônimo disse...

É, na tentativa de alcançar um público diferenciado, vão acabar perdendo outro. Se Batman for anunciado como um gay enrustido, o universo de um monte de marmanjo fã do homem morcego vai desabar.