2/07/2011

Erotismo em HQ virtual agita a Índia


Savita Bhabhi, a primeira estrela pornô dos quadrinhos indianos está dando o que falar. As aventuras eróticas protagonizadas pela personagem estão causando alvoroço na Índia, país onde a pornografia é ilegal. A revista eletrônica, que é publicada em inglês e em mais dez dialetos hindus, está sendo acusada pelos conservadores de “deturpação dos valores morais e de incentivo a práticas obscenas entre os jovens”. Um dos episódios mais polêmicos, no qual Savita Bhabhi, que é casada e mãe de família, faz sexo com o famoso ator de Bollywood, Amitabh Bachchan, gerou protestos calorosos contra a HQ, por parte dos atores da indústria cinematográfica indiana. Os criadores da HQ se defendem, "criamos Savita Bhabhi para mostrar que as mulheres indianas também têm desejo sexual. A Índia é um país onde a sexualidade é reprimida", concluiu em entrevista à revista eletrônica Global Post. De acordo com a opinião do desenhista das histórias, Deshmukh, a personagem está fazendo uma espécie de revolução igualitária dando uma sacudida nos conceitos sexuais dos indianos. Para piorar o conflito, a modelo e cantora indiana Nilanti Narain, famosa e admirada em seu país, posou para fotos sensuais inspiradas na mulher devassa dos quadrinhos on line.

5 comentários:

Laerçon Blues Man disse...

É dificil crer que no mundo atual ainda exista país onde a sexualidade é reprimida, isso é menos que viver na idade da pedra.

Anônimo disse...

IMPRESSIONANTE É QUE A ÍNDIA ESTÁ TENDO OS MAIORES NÚMEROS NO CRESCIMENTO DO PIB E AINDA CONTINUA ATRASADA COMO TODOS OS PAÍSES SUBDESENVOLVIDOS...

Rogeblow disse...

Com uma mentalidade medieval dessa vai continuar sendo um país subdesenvolvido e atrasado sempre.

Leônidas Grego Grego disse...

Reprimem o sexo e aceitam a miséria absurda e bebem e se banham nas águas de um rio onde cadáveres boiam às dezenas.

Anônimo disse...

Essa hq deve ter deixado os indianozinhos trancados no banheiro por um bom tempo---

## Pedestal Zine ##